Setor de autos gera mais empregos

Gostou? compartilhe!

Saiba mais sobre

Setor de autos gera mais empregos

A Região, segundo dados do Sistema Capital Humano da Fiesp/Ciesp, emprega 270,6 mil pessoas com carteira de trabalho registrada. A indústria de transformação responde por 27,4% das vagas. Os setores que mais empregam são os de Celulose, Papel e Produtos de Papel (10,5%); Produtos de Metal (10,4%); e Veículos, autos, Automotores e Autopeças (9%), cujo segmento é atendido pela empresa mogiana Alfag do Brasil, que fabrica peças seriadas e faz manutenção de redutores industriais.

 

O parque industrial, segundo os dados consolidados no final de 2014, conta com 1.894 estabelecimentos, com prevalência das fábricas de Metal (exceto máquinas e equipamentos), que são 15,2% do total, e de Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios, com 9,6%.

 

No geral, a indústria vive um momento de redução nas atividades, com muitas empresas inclusive dando férias coletivas e utilizando todo o banco de horas, em tentativas para evitar demissões. Ainda assim, o emprego na indústria tem decaído. A última pesquisa do Ciesp, mostra que o nível de emprego industrial caiu 0,30% em março, no Alto Tietê. Foi o segundo mês consecutivo com demissões na indústria de transformação, que fechou aproximadamente 200 postos de trabalho nas oito cidades que formam a Regional do Alto Tietê.

 

É fundamental que o ajuste fiscal seja implantado o quanto antes para que possa se pensar em recuperação a partir do segundo semestre.

 

Precisa de orçamento para peças seriadas e outros serviços de usinagem? Clique aqui e fale com a equipe da Alfag do Brasil.



Gostou? compartilhe!