Cliente da Alfag do Brasil, NGK recomenda cautela na revisão de carros usados

Gostou? compartilhe!

Saiba mais sobre

Cliente da Alfag do Brasil, NGK recomenda cautela na revisão de carros usados

Economistas e especialistas do setor de automotivos afirmam que é possível evitar dor de cabeça ao comprar carros usados. Com o aumento de 4,1% nas vendas de seminovos – entre janeiro e julho – e a queda de 8,6% no emplacamento de veículos zero-quilômetro, durante o mesmo período, segundo números da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), a revisão preventiva de alguns componentes pode garantir uma aquisição segura.

No caso de carros usados, a simples inspeção visual das velas de ignição por um profissional de confiança, em oficina mecânica ou autoelétrico, diz muito sobre o estado do motor e deve ser priorizada na revisão.

A dica é do Departamento Técnico da empresa NGK,  que é a maior fabricante mundial de velas de ignição, cabos e sensores de oxigênio, e uma das empresas atendidas pela Alfag do Brasil, que atua com excelência no setor de ferramentaria  e produtos de usinagem para empresas de grande porte como a NGK.

Dicas ALFAG DO BRASIL

Revisão de carro usado: o que verificar ao adquirir um carro de segunda mão

Pode parecer algo simples, porém fazer a revisão de um carro semi-novo (até dois a três anos de uso) ou usado, além de ser algo essencial para não ter dores de cabeça no futuro, requer atenção do novo proprietário do veículo. Com algumas dicas simples, você vai saber o que precisa verificar de acordo com a quiometragem do carro adquirido.

Não parece, mas existem muitos itens a serem revisados num carro usado

Se o carro que você comprou está:

Entre 10.000 e 40.000km:

  • Trocar óleo lubrificante;

  • Trocar fluido de freio;

  • Trocar fluido de arrefecimento;

  • Trocar filtro de ar;

  • Verificar estado das velas e substituir, se necessário.

  • Trocar filtro de combustível.

  • Verificar estado da correia de acessórios.

  • Verificar estado da suspensão (amortecedores, molas, balanças, etc.)

  • Fazer alinhamento da suspensão.

  • Verificar estado das pastilhas de freio dianteiras, e na traseira (ou lonas).

Entre 40.000 e 80.000km

  • Executar a revisão de 10.000 a 40.000km e incluir:

  • Troca de velas;

  • Troca de cabos de velas;

  • Troca de correia de acessórios;

  • Troca de polias e tensores da correia de acessórios;

  • Troca do fluido da direção hidráulica;

  • Troca do fluido da caixa de transmissão, se automática.

  • Inspeção do sistema elétrico (verificar estado dos fusíveis, relés e chicotes elétricos).

  • Verificar estado das mangueiras do sistema de arrefecimento (radiador e afins).

Com mais de 80.000km:

  • Executar as manutenções acima e:

  • Subsituir bomba dágua, principalmente se o antigo dono não usava aditivo no sistema de arrefecimento;

  • Realizar teste de sonda lambda, esse componente tem vida estimada de 100.000km.

  • Verificar estado do catalisador (se está quebrado ou não).

  • Medir pressão na linha de combustível (uma bomba de combustível queimada fará você ficar parado na rua).

  • Trocar correia dentada, esticador da correia dentada e polias da correia dentada. (quebra da correia dentada, além de deixá-lo à pé, pode danificar as válvulas do cabeçote e dar um prejuízo entre 1.000 a 4.000 reais, dependendo do estrago).

  • Trocar fluido da caixa de transmissão, se manual.

É óbvio que estes valores não são fixos, pois a quilometragem do carro não está ligada diretamente a seu estado conservação. Porém alguns componentes tem sua vida útil atrelada à quantidade de quilômetros rodados. Nestes casos, o melhor é trocar o componente antes que ele quebre, pois os danos e prejuízos podem ser bem maiores se não forem trocados com antecedência.

Para as empresas que fornecem peças para manutenção de carros usados, fiquem atentos ao controle de qualidade, fabricantes e assistência, consulte a NGK e AFAG do Brasil.

Além da NGK, a Alfag do Brasil também atende multinacionais, prestando assistência na manutenção de redutores, nos serviços de usinagem, no desenvolvimento de ferramentas e peças projetadas com aço carbono, inox, alumínio, etc, tudo sob um rigoroso sistema de controle de qualidade.

Venha conhecer os nossos serviços!A ALFAG DO BRASIL está localizada na Avenida Nilo Marcato, 1307, no Jardim São Pedro, no Distrito de César de Souza, em Mogi das Cruzes. O telefone é (11)2896-8688.



Gostou? compartilhe!